segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Resenha: Cidade dos Ossos - Cassandra Clare

Resenhista: Gabriella Araújo
Tema: Fantasia


Cidade dos Ossos é o primeiro livro da série Os Instrumentos Mortais e conta a história de Clarissa Fray, Clary, uma garota de 15 anos apresentada a um mundo sombrio, que foi mantido escondido dela por todo esse tempo, para sua própria segurança. Ao ir à boate Pandemônio, com seu amigo Simon, ela passa a conhecer um mundo povoado por demônios e três Caçadores das Sombras: Jace, Isabelle e Alec. E, então, seu mundo vira de pernas para o ar. 

Não sei se foi a minha completa impaciência com livros teens que interferiu, mas a meu ver, a narrativa poderia ter sido construída de forma mais significativa e menos infantil. Além de que poderiam ter sido evitadas coisas absurdas como o título de "Magnífico Feiticeiro do Brooklyn" do Magnus (único personagem que eu efetivamente gostei em toda a trama), a relação entre Jace e Clary (e ponha absurdo nisso!) e a reação da Clary ao ver a mãe dela.

Foi uma tortura tentar terminar o livro e esperava mais, já que todo mundo falava bem dele, mas foi uma grande decepção. Não pretendo ler os próximos. Talvez leia algumas cenas aqui e ali contendo o Magnus ou os contos que a Cassandra fez com ele, mas fora isso, não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário